Seguidores

..

domingo, 7 de julho de 2013

Corrente afirma que muitos morreram por zombar de Deus


Texto que circula pela web afirma que a blasfêmia teria causado a morte de várias pessoas famosas e pede para ser repassado o aviso para o maior numero de pessoas possível. Antes que você prossiga a leitura dessa pesquisa é bom saber que a idéia do E-farsas é apenas a de tentar descobrir se o que rola pela web é verdadeiro ou falso. Com isso, pretendemos ajudar a tornar a web um lugar com menos spams e mensagens falsas – que só servem para entupir nossas caixas de entrada com lixo. Apesar do texto a ser analisado mencionar religião, não estamos discutindo aqui determinada crença. Apenas iremos pegar cada trecho da corrente e tentar mostrar, através de pesquisas, o que é real e o que não é. Dito isso (mais uma vez), vamos às pesquisas. Aguardamos seu comentário no final do nosso post, hein? O texto não é novo. Circula pela web desde 2006 e conta que várias pessoas, dentre elas muitos famosos, morreram depois de blasfemar contra Jesus Cristo e/ou zombar de Deus. Apesar de não descobrirmos o autor do texto, podemos analisar cada trecho e ajudar ao leitor a discernir quais são as partes reais e quais são pura invencionice. Logo no primeiro trecho, temos: “Na Bíblia está escrito (Gálatas 6:7): Não vos enganeis. De Deus não se zomba, pois tudo o que o homem semear, isto também ceifará”. Falso! De acordo com o site Estudos da Bíblia, em Gálatas 6, Paulo continua com os ensinamentos das aplicações práticas na vida cristã, ensinando aos irmãos a ajudarem uns aos outros. Em resumo, a carta do apóstolo Paulo aos Gálatas no capítulo 6 diz que o que uma pessoa semeia é o que ela colherá. Ou seja, se fizer o bem, colherá o bem. Só isso. Acontece que, ao usar somente o versículo 7 do livro de Gálatas 6, o autor se aproveita de um trecho da Bíblia fora do contexto. Muitos líderes da igreja fazem isso: Usam algum trecho do Livro e o manipula para que sirva a seus propósitos. John Lennon teria morrido por blasfemar! Será? No próximo trecho, o autor da corrente fala sobre o músico John Lennon: “Alguns anos depois de dar uma entrevista a uma revista americana, disse: “O cristianismo vai se acabar, vai se encolher, desaparecer. Eu não preciso discutir sobre isso. Eu estou certo. Jesus era legal, mas suas disciplinas são muito simples. Hoje, nós somos mais populares que Jesus Cristo.(1966)”. Lennon, depois de ter dito que os Beatles estavam mais famosos que Jesus Cristo, recebeu cinco tiros de seu próprio fã;” ,

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...