Seguidores

..

quarta-feira, 31 de julho de 2013

NOITES DE PESADELOS . Além da Imaginação.


Segundo pesquisadores, o sonho nada mais é do que um canal de comunicação do Além para conosco enquanto dormimos, onde mensagens subliminares são enviadas de forma estranha. Mas, e os pesadelos, o que são? Seriam presságios de situações aterrorizantes que estaríamos por passar, ou o que?" O Relato a seguir é sobre essa estranha e assustadora experiência que muitas pessoas tem ao longo da vida! ================================================================================= Olá, Eu tenho 15 anos e moro em São Paulo - SP. Minha casa conta muitas histórias. Muitas pessoas já morreram aqui, até mesmo meu próprio avô. A minha mãe sempre conta histórias que acontecem com ela. Minha mãe tem um dom Espirita, embora seja católica, ela consegue ver sentir e muitas vezes ouvir pessoas que não estão mais entre nós. Mas no meu caso, eu nunca pude ver, sentir ou ouvir nenhum deles. Nem ao menos sonhar com eles. Até o ano passado. Era um dia comum, eu estava de férias era mais ou menos umas 9h da manhã. Eu tinha acabado de acordar de um pesadelo. No sonho eu estava no ultimo andar da minha casa e haviam gaiolas por toda parte. Em todas as gaiolas haviam passáros, mas apenas uma abrigava um cão negro de aparência tenebrosa, com olhos castanhos quase vermelhos. Eu me aproximava dele enquanto o mesmo rosnava e olhava no fundo dos meus olhos. Quando cheguei na frente da gaiola o cão avançou nas grades causando um enorme susto e então eu acordei e nesse momento vii uma sombra atravessando meu quarto, mas não liguei, achei que era fruto da minha imaginação. Após essa noite tive outros 5 sonhos em noites diferente mas seguidamente. Todos os sonhos com o cachorro olhando e rosnando para mim. Em um dos sonhos vi muitas pessoas de branco e entre elas um homem alto com um terno negro, não reparei muito em seu rosto mas ele me lembrava alguém. Na sexta a noite tive um sonho ainda mais estranho. Uma mulher loira cantava e seu canto fazia com que eu perdesse o controle do meu corpo, fazendo assim que que caísse no chão e me retorcesse formando círculos. Após isso comeceram a aparecer borboletas, e eu tenho pavor de borboletas. Como não conseguia controlar meu corpo eu senti elas andando pelo meu corpo e eu queria gritar mas não conseguia e então acordei com uma mensagem que uma amiga próxima me mandou. Olhei para a porta e havia a sombra de um homem parado me olhando. Gritei e em um momento de distração a sombra sumiu. A mensagem que recebi de minha amiga dizia o seguinte: "Milena eu tive um sonho muito estranho. Sonhei que haviam milhares de borboletas em uma gaiola e eu tinha que tirá-las de lá antes que um homem chegasse. Enquanto tentava tirá-las da gaiola podia sentir elas andando sobre minha pele." Na Sétima noite o sonho foi breve e muito mais assustador, porque o sonho não acabou quando acordei. No sonho eu estava andando em uma rua à noite. Comecei a ficar tonta e caí. Quando olhei para a rua, ela estava completamente parada, como se tivesse parado no tempo, como se estivesse em câmera lenta. Quando acordei vi um cachorro do meu lado, ele levantou e saiu do meu quarto. Assim que ele passou pela porta um vulto preto entrou pela mesma porta e cobriu o quarto e andou pelas paredes até chegar a minha cama. Eu fiquei completamente sem reação. Foi quando senti um enorme peso sobre mim, chegando pelos meus pés e subindo para os meus braços como um rolo compressor. Tentava gritar mas minha voz não saía, tentava me debater e não havia resultados. Eu não conseguia ouvir nada. Fiz uma enorme força e senti meu braço levantar, mas quando olhei para ele não tinha movido um músculo. Então eu comecei a ouvir a TV da sala e o peso sobre mim foi sumindo até que consegui levantar. Desde então coisas como a televisão ligar sozinha, barulhos de passos a noite e coisas do gênero acontecem com frequência. Eu procuro não me assustar, mas confesso que tem sido difícil. www.alemdaimaginacao.com Milena - São Paulo . Brasil

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...