Seguidores

..

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Ditados Latinos.


“Quem não chora, não mama.” “Não há mal que não venha por bem.” “Cão que muito ladra não morde.” “Quem pestaneja, perde.” “À falta de pão, boas são as tortas.” “O valente vive quanto tempo o covarde o deixar.” “Semeie ventos e colherá tempestades.” “Em boca fechada não entra mosca.” “Quem bem nada, não se afoga.” “Quem não deve, não teme.” “Quem agarra muito, com pouco fica.” “Se quer o cão, aceita as pulgas.” “Para bom entendedor, poucas palavras bastam.” “Do dito ao feito, há muita distância.” “Quem vai para a cama com garotos, acorda molhado.” (molhado, seja urinado) “Quanto mais se tem, mais se quer.” “Dá Deus nozes a quem não tem dentes.” “Gato escaldado de água fria tem medo.” “Água que não vai beber, deixe-a correr.” “Camarão adormecido, é levado pela corrente.” “Cria corvos e eles te arrancarão os olhos.” “Da árvore caída, todos tiram a lenha.” “Quem anda com lobos, a aprende uivar.” “Mais vale chegar a tempo do que ser convidado.” “Aos mortos, enterra-os, aos vivos, dai-lhes frango.” “Quem não nada se afoga.” “Mais vale um pássaro na mão do que dois a voar.” “Em cão fraco, tudo são pulgas.” “O mau escritor, culpa a caneta.” “Ser como o cão do jardineiro, que não come os repolhos, nem deixa o dono comer.” “A inimigo que foge, ponte de prata.” “Quem vê caras, não vê corações.” “Nem come, nem deixa comer.” “Barriga cheia, coração contente.”

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...