Seguidores

..

terça-feira, 27 de maio de 2014

Fábulas de Esopo. O burro carregando o sal.


Um burro carregado de sal atravessava um rio; escorregou e caiu na água. O sal dissolveu na água, e o burro levantou sentindo-se mais leve, o que o deixou muito satisfeito. Tempos depois , ao passar novamente perto do rio com um fardo de esponjas, acreditou que uma nova queda aliviaria também aquela carga. Então, escorregou de propósito. Mas as esponjas encharcaram de água . a ponto de o burro não poder levantar-se ali se afogar. Moral: assim são . ás vezes , os homens, não percebem que suas próprias artimanhas os atiram na desgraça. Fábulas de Esopo.

sábado, 17 de maio de 2014

Conscientize-se dos seus atos.


Expulse as asperezas da sua boca. Não deixe que ela pronuncie qualquer palavra que possa ofender. Palavras, quando faladas, são mantras, criam movimento e formas , e serás o alvo do amor que sua boca colocar em ação, assim como seu veneno. Cuide-se antes de mais nada, e reflita bem antes de falar, porque palavras vão e volta para a própria pessoa. De Ruth para " Vidas e Sonhos".

quinta-feira, 15 de maio de 2014

SIMPATIA PARA FORTALECER O AMOR.


acenda uma vela vermelha dentro de uma vasilha virgem. Quando a vela estiver pela metade, coloque três copos de água. deixando dentro da bacia até que a vela se queime e apague. Quando isso acontecer, escreva num papel o nome da pessoa de quem você gosta e, junto com a água da vasilha, deposite num jardim. Com o passar do tempo, verá que o amor ficará mais aceso que nem uma vela... Simpatia da Bruxinha Valentina para "Vidas e Sonhos".

domingo, 11 de maio de 2014

Lembre-se do principal.


Diz certa lenda que uma mulher pobre, com uma criança no colo, passando em frente de uma caverna ouviu uma voz misteriosa que , lá dentro dizia-lhe: Entre e pegue tudo o que você desejar e lembre-se do principal. Lembre-se também de uma coisa: depois que você sair, a porta será fechada para sempre. Portanto, aproveite a oportunidade e lembre-se do principal... A mulher entrou na caverna e encontrou muitas riquezas. Fascinada pelo ouro e p-elas joias, pôos a criança no chão e passou a juntar, ansiosamente, tudo o que podia no seu avental. a voz misteriosa falou novamente: -Você só tem oito minutos. Esgotado o tempo , a mulher , carregada de ouros e pedras preciosas, correu para fora da caverna e a porta se fechou... Lembrou-se então , de que a criança ficara lá, e a porta estava fechada para sempre! A riqueza durou pouco tempo, e o desespero , sempre. O mesmo acontece, as vezes conosco. Temos uns 80 anos para viver, neste mundo, e uma voz sempre nos adverte. Lembre-se do principal!!!

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Assim nasceu Zen.


Certa ocasião,Buda ia proferir um discurso muito especial e milhares de seguidores chegaram , vindos de milhas de distância. No instante em que Buda surgiu, estava segurando uma flor. Ele sentou-se embaixo de uma árvore e olhou para a flor. O tempo passava, porém Buda não dizia uma palavra sequer. A multidão esperou bastante tempo , mas ele não falou. Nem mesmo olhava para a multidão, apenas contemplava a flor em suas mãos e disse: - Seja o que for que pode ser dito por meio das palavras, eu lhes disse. E o que não pode ser dito por palavras dou a Mahakashyap. A chave não pode ser comunicada verbalmente. Assim nasceu Zen: de um sorriso espontâneo. Buda foi a fonte, e Mshakashyap, o pioneiro. o mestre original do Zen. A chave foi passada para outros e até os dias atuais está viva, ainda abre a porta.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...