Seguidores

..

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

GUARDADO A SETE CHAVES.


No século XIII, os reis de Portugal adotavam um sistema de arquivamento de jóias e documentos importantes: um baú que possuía quatro fechaduras. Cada uma destas chaves era distribuída a um alto funcionário do reino. Portanto, eram apenas quatro chaves. Mas o número sete passou a ser utilizado em razão de seu valor místico, desde a época das religiões primitivas. Assim, começou-se a utilizar o termo “guardar a sete chaves” para designar algo muito bem guardado.

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Ditados Populares ACABAR EM PIZZA


Uma das expressões mais usadas no meio político é “tudo acabou em pizza”, empregada quando algo errado é julgado sem que ninguém seja punido. O termo surgiu no futebol. Na década de 60, alguns cartolas palmeirenses se reuniram para resolver alguns problemas e, depois de 14 horas seguidas de brigas e discussões, estavam com muita fome. Assim, todos foram a uma pizzaria, tomaram muito chope e pediram 18 pizzas grandes. Depois disso, simplesmente esqueceram o assunto, foram para casa e a paz reinou. Depois desse episódio, Milton Peruzzi, que trabalhava no jornal Gazeta Esportiva, publicou a seguinte manchete: “Crise Do Palmeiras Termina Em Pizza”. Daí em diante, a expressão pegou.

domingo, 21 de setembro de 2014

Provérbios engraçados.


“O importante não é ganhar, mas fazer o outro perder.” “Príncipe Encantado só há um e casou-se com a Cinderela.” “Quem ri por último é de raciocínio lento.” “Se o trabalho dá saúde, que trabalhem os doentes.” “Mal por mal, antes cadeia que hospital.” “Ter a consciência limpa é ter a memória fraca.” “O suicídio é um pecado.... mortal.” “Duas palavras abrem qualquer porta: puxe e empurre” “Há males que vêm para pior.” “O trabalho é sagrado, não o toque.” “A esperança e a sogra são sempre as últimas a morrer.” “No avião, o medo é passageiro.” “A vida é maravilhosa, sem ela estaríamos mortos.” “A prática leva à perfeição, excepto na roleta russa.” “Há males que vêm… sempre para os mesmos.” “Burro velho… é porque viveu muito.” “Tristezas não pagam dividas… e alegrias também não.” “Quem tudo quer… sempre apanha alguma coisa.” “Os últimos são sempre… os que perdem.” “Quem não arrisca… não fica sem nada.” “Quem dá aos pobres… fica sem ele.” “Tristezas não pagam dividas… e alegrias também não.” “A noite é boa… para dormir.” “Gordura é formosura… mas vai fazendo ginástica.” “No melhor fato… usa a melhor gravata.” “Tudo o que cai na rede… é golo.” “Há alguma coisa errada que não está certo.” “Nem tudo que balança, está no parque.” “Existem dois tipos de esparadrapo: os que não grudam e os que não saem.” “Em terra de cego, quem é cego não faz mais que a obrigação.” “Lotaria: um imposto sobre as pessoas que são ruins em matemática.” “Meu Deus protegei-me de meus amigos! Dos meus inimigos eu me encarregarei.” “Se a montanha vem até ti, foge. Trata-se de um desmoronamento.” “A fé remove montanhas, mas ainda prefiro a dinamite.” “Escrever é transformar os seus piores momentos em dinheiro.” “Espelhos deveriam pensar duas vezes antes de refletir.

sábado, 20 de setembro de 2014

Provérbios sobre o AMOR..


“Amor de pais não há jamais.” “Se o teu amor for doce, não o comas todo.” “Não há luar como o de Janeiro nem amor como o primeiro.” “O amor é a mais forte das paixões, porque ataca ao mesmo tempo a cabeça, o coração e o corpo.” “Amores arrufados, amores dobrados.” “As ausências curtas, acirram o amor; as longas, fazem-no morrer.” “Mãos frias, coração quente, amor para sempre.” “O amor é como a lua, quando não cresce, míngua.” “Mais se tira com amor do que com dor.” “Em amor, a ausência, quando não é o maior dos males, é o melhor dos remédios.” “Quem tem sorte ao jogo não tem sorte aos amores.” “O amor mais constante que se conhece, é o do dinheiro.” “No amor e na guerra vale tudo.” “Amor com amor se paga.” “O amor é na mocidade o que a mocidade é na vida, o que a vida é na eternidade, isto é, um relâmpago.” “O amor é eterno enquanto dura.” “O amor novo vai e vem, mas o velho se mantém.” “Amor da praia fica enterrado na areia.” “O amor dá coragem e dá fraqueza.” “O amor faz passar o tempo, e o tempo faz passar o amor.” “O amor é como sarampo: todos temos de passar por ele.” “O amor e o menino começam brincando e acabam chorando.” “Onde há amor, há dor.” “Quem namora pelo fato, leva o Diabo ao contrato.” “Quem tem amores, tem dores.” “Velho e namorado, cedo enterrado.” “Chaga de amor, quem a faz, a sara.” “O amor não envelhece, morre criança.” “Filho sem dor, mãe sem amor.” “Mãos frias amores todos os dias.” “Mãos quentes amores ausentes.” “Onde manda o amor, não há outro senhor.” “Sem vinho nem pão o amor é vão.” “Com o amor e a morte, não tentes ser forte.” “Amor querido, amor batido.” “As sopas e os amores, os primeiros são os melhores.” “O amor é um frenesi que todos vêm menos quem dele está possuído.” “Escândalo aparta amor.” “Não há amor como o primeiro.” “Para esquecer um amor, só outro grande amor.” “O amor é um passarinho que não aceita gaiola.” “O amor olha de tal maneira que o cobre lhe parece ouro.” “Amor ausente, amor para sempre.” “No amor, quem foge é vencedor.” “O amor gosta de amores.” “O amor entra pela janela e sai pela porta.” “Quando o amor nos visita, a amizade se despede.” “O amor dos asnos entra aos coices e sai aos bocados.” “O amor a ninguém dá honra e a muitos dá dor.” “O amor ajuda os atrevidos.” “O amor morre mais de indigestão do que de fome.” “O amor é doce no começo, mas amargo no fim

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

A Lenda do Colar.


Li certa vez uma lenda, que não sei quem escreveu, mas que me fez muito bem. Dizia que um rei tinha dado à sua filha, a princesa, um belo colar de diamantes. Mas o colar foi roubado e as pessoas do reino procuraram por toda a parte sem conseguir encontrá-lo. Alguém havia dito ao rei que seria impossível encontrá-lo, porque um pássaro o teria levado fascinado por seu brilho. O rei, desesperado, então ofereceu uma grande recompensa para quem o encontrasse. Um dia, um rapaz caminhava de volta para casa ao longo de um lago sujo e mal cheiroso. Enquanto andava, o rapaz viu algo brilhar no lago e quando olhou viu o colar de diamantes. Tentou pegá-lo, pôs sua mão no lago imundo e agarrou o colar, mas não conseguiu segurá-lo, o perdeu. No entanto, o colar continuava lá no mesmo lugar, imóvel. Então, desta vez ele entrou no lago, mesmo sujo, e afundou seu braço inteiro para pegar o colar; mas não conseguiu de novo, o colar escapava-lhe. Saiu, sentou e pensou de ir embora, sentindo-se deprimido. Mas, de novo ele viu o colar brilhando. Decidiu agora mergulhar no lago, embora fosse sujo. Seu corpo ficou todo sujo, mas ainda assim não conseguiu pegar o colar. Ficou realmente aturdido e saiu, sentou-se às margens do lago, pensativo... que mistério! Um velho que passava por ali o viu angustiado, e perguntou-lhe o que estava havendo. O rapaz não quis contar para o velho com medo de perder a recompensa do rei. Mas o velho pediu ao rapaz que lhe contasse qual o problema, e prometeu que não contaria nada para ninguém e não o atrapalharia em nada. O rapaz, dando o colar por perdido, decidiu contar ao velho. Contou tudo sobre o colar e como ele tentou pegá-lo, mas fracassando. O velho então lhe disse que talvez ele devesse “olhar para cima”, em direção aos galhos da árvore, em vez de olhar para o lago imundo. O rapaz olhou para cima e, para sua surpresa, o colar estava pendurado no galho de uma árvore. Tinha o tempo todo, tentado capturar um simples reflexo do colar... A felicidade material é como este colar brilhante no lago deste mundo; pois é um mero reflexo da felicidade verdadeira do mundo espiritual. É melhor “olhar para cima”, em direção a Deus, que é a fonte da felicidade real, do que ficar perseguindo o reflexo desta felicidade no mundo material. A felicidade espiritual é a única coisa que pode nos satisfazer completamente. Não é o que diz o Salmista? “O homem passa como uma sombra, é em vão que ele se agita; amontoa sem saber quem recolherá” (Sl 38,7)

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

CASA DA MÃE JOANA.


A expressão se deve a Joana, rainha de Nápoles e condessa de Provença, que viveu na Idade Média entre 1326 e 1382. Em 1346, ela se refugiou em Avignon, na França. Aos 21 anos, Joana regulamentou os bordéis da cidade onde estava refugiada. Uma das normas dizia: “o lugar terá uma porta por onde todos possam entrar.” Transposta para Portugal, a expressão “paço-da-mãe-joana” virou sinônimo de prostíbulo. Trazida para o Brasil, a palavra “paço”, por não fazer parte da linguagem popular, foi substituído por “casa”. Assim, “casa-da-mãe-joana” passou a servir para indicar um lugar ou situação em que cada um faz o que quer, onde impera a desordem e a desorganização

sábado, 6 de setembro de 2014

ONDE JUDAS PERDEU AS BOTAS." Expressão "


Esta expressão é usada para designar um lugar distante, desconhecido e inacessível. Existe uma história não comprovada que relata que, após trair Jesus, Judas enforcou-se descalço em uma árvore, porque havia posto o dinheiro que ganhara por entregar Jesus dentro de suas botas. Quando os soldados viram que Judas estava descalço, saíram em busca dos mesmos e do dinheiro da traição. Nunca ninguém ficou sabendo se as botas foram achadas. Acredita-se que foi assim que surgiu tal expressão.

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

LÁGRIMAS DE CROCODILO.


Quando dizemos que uma pessoa está “chorando lágrimas de crocodilo”, queremos dizer que ela está fingindo, chorando de uma forma falsa. Tal expressão, utilizada no mundo inteiro, veio do fato de que o crocodilo, quando está devorando suas presas, faz uma pressão muito forte sobre o céu da boca e estimula suas glândulas lacrimais, dando a impressão de que o animal está chorando. Obviamente, o animal não chora e por isso surgiu a expressão popular.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Simpatia para deixar de Fumar.


Numa sexta-feira, fume somente sete cigarros, sendo que cada um deles deve ser fumado somente até a metade e, em seguida, colocado em pé numa vasilha cheia de terra, quando estiverem os sete cigarros na vasilha, leve para um local onde vente bastante, para que o vento leve embora seu vício, peça com muito fervor. Para surtir efeito, deve ser feito com muita fé. Simpatia da Bruxa Valentina para "VIdas e Sonhos".

No dia de Hoje!.


Vou detectar e desativar programas negativos de infância. Machado de Assis, mesmo sem ser psicólogo, percebeu que "o menino é o pai do homem". É na infância que recebemos mais graves "programas" através de nossos país; esses programas serão responsáveis por comportamentos inadequados, sentimentos de importância, rejeição,agressividade exagerada e muitos outros, chegando a se configurarem neuroses. São programas do tipo "você não deveria ter vindo", "não exista", não demonstre os seus sentimentos", "desconfie de todos", ande logo com isso, seu molenga", "você é um desastrado, não faz nada certo". Vou voltar o filme da minha vida e usar a memória para localizar os programas desse tipo que meu pai e minha mãe usaram (ou usam) c0omigo, e vou desativá-los. Farei isso sozinho ou com a ajuda de alguém confiável que irá me mostrar quando e onde eu costumo executar esses programas. Sei que esse é um processo demorado e difícil, mas começarei HOJE.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...