Seguidores

..

sábado, 11 de junho de 2016

Vou pensar mais em mim... - Vidas e sonhos!

Vou pensar mais em mim... - Vidas e sonhos!

Simpatia para aumentar o movimento de sua LOJA.


Quando um freguês chegar à sua loja, sendo o primeiro de todos afazer uma compra. (porque nem sempre quem chega primeiro lugar faz compra), troque o dinheiro em notas míudas. E guarde um das notas que, depois deverá ser colocada aos pés de uma imagem do seu santo de devoção , e peça a ele que traga outros fregueses, iguais ou melhores que este, e com o tempo vai ver como vai aumentando a freguesia. Ensinamentos da Bruxinha Valentina para " Vidas e Sonhos"

Simpatia para a moça ou um rapaz casar com quem deseja.


Essa simpatia é sempre mais procurada pelas moças do que os rapazes. Aqueles que amam muito determinada pessoa podem fazer esta simpatia que terão muita chance de obter ótimos resultados, principalmente se a pessoa amada já não for casada. Compra-se um metro de fiota branca, borda-se na fita ou escreve com uma caneta o nome da pessoa amada. Isso deve de ser feito numa das pontas da fita, na outra a pessoa deve de escrever seu próprio nome, usando os mesmos meio que usou para escrever o outro nome. A partir daí faz-se durante vinte e um dias , um nó por dia antes de se deitar, dizendo: " Esta fita tem um nó que te vai amarrar a mim, ( nome do fulano) " No dia seguinte a mesma coisa até completar vinte e um dias e vinte um nós.amarra-se a fita no pulso esquerdo. E aguarde o resultado. Simpatia ensinada por Bruxinha Valentina para 'VIDAS E SONHOS"

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Conto Zen: Prancha no Mar.


Um monge confirmado e um noviço viajavam de barco. Sobreveio violenta tempestade, que afundou o barco. Encontrando uma prancha de madeira, o jovem monge agarrou-se a ela e nadou na direção do monge mais velho, que não tinha nada que o ajudasse a boiar. – Compreendes o ensinamento de Buda? – perguntou ele ao jovem noviço. E sem nenhuma reflexão, espontaneamente, o jovem noviço ofereceu-lhe a prancha. Nesse momento, o deus do mar, o Grande Dragão, surpreendido com a atitude do jovem monge, acionou uma onda imensa, do tamanho de uma montanha, que transportou o noviço até a praia. Mestre Dogen concluiu: – Esse monge compreendia a prática da sabedoria. Seguia a ordem cósmica. Aprendeu o ensinamento de Buda sem pensar, sem duvidar. Quando seguimos a lei cósmica, não podemos cair na hesitação nem no ceticismo. A verdade é praticada espontaniamente, sem consciência pessoal. Não podemos soçobrar no erro. Praticado o mushotoku (sem finalidade nem espírito de lucro), o zazen abre a porta da verdadeira liberdade. Devemos acreditar sem refletir… Essa é a fé.

Conhecimento..


No Curso de Medicina, o professor se dirige ao aluno e pergunta: — Quantos rins nós temos? — Quatro! – responde o aluno. — Quatro? – replica o professor, arrogante, daqueles que sentem prazer em tripudiar sobre os erros dos alunos. — Tragam um feixe de capim, pois temos um asno na sala. – ordena o professor a seu auxiliar. — E para mim um cafezinho! – replicou o aluno ao auxiliar do mestre. O professor ficou irado e expulsou o aluno da sala. Ao sair da sala, o aluno ainda teve a audácia de corrigir o furioso mestre: — O senhor me perguntou quantos rins 'NÓS TEMOS'. 'NÓS' temos quatro: dois meus e dois seus. 'NÓS' é uma expressão usada para o plural. Tenha um bom apetite e delicie-se com o capim. Moral da História: A vida exige muito mais compreensão do que conhecimento. Às vezes as pessoas, por terem um pouco a mais de conhecimento ou acreditarem que o têm, se acham no direito de subestimar os outros... E haja capim!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...